3 FORMAS PARA IDENTIFICAR A BULIMIA NERVOSA

Postado em 04/08/2016

BULIMIA NERVOSA é o transtorno alimentar caracterizado por períodos de compulsão alimentar (comer muito), seguidos por comportamentos não saudáveis para perda de peso rápido como induzir vômito (90% dos casos), uso de laxantes, abuso de cafeína, uso de drogas e/ou dietas inadequadas, fazer muito exercício físico. Envolve grande variação de peso, descontrole alimentar frequente.

A pessoa com bulimia nervosa, tende a apresentar períodos em que se alimenta em excesso, muito mais do que a maioria das pessoas conseguiriam se alimentar em um determinado espaço de tempo, seguidos pelo sentimento de culpa e tentativas para evitar o ganho de peso com jejuns, exercícios, vômitos autoinduzidos, laxantes, diuréticos.
Ocorre em cerca de 3 a 7% da população, sendo maior incidência em adolescentes, e cerca de 90% mulheres.

 

BULIMIA NERVOSA – Critérios para identificar

 

1. Episódios recorrentes de consumo alimentar compulsivo, quantidades incomuns, como 6 hambúrgueres ou 4 a 5 pratos de comida;

2. Comportamentos compensatórios inapropriados (como vômito e abuso de substâncias, ou abuso de atividade física mais de 2 horas treinando);
3. Os episódios bulímicos e compensatórios ocorrem pelo menos duas vezes por semana, por no mínimo três meses;

 

Consequências comuns

Esses comportamentos podem ter diversas consequências negativas pra saúde como:

 

  • Problemas nos dentes e gengivas
  • Desidratação
  • Fadiga
  • Ressecamento da pele
  • Arritmia cardíaca
  • Irregularidade ou perda da menstruação
  • Constipação
  • Humor depressivo e variável
  • Sono

 

Métodos compensatórios

Os principais métodos de “perda de peso” (feita por eles) são:

 

  • Autoindução de vômito
  • Jejuns prolongados
  • Uso de laxantes, diuréticos
  • Exercícios excessivos
  • Dietas ineficientes e não saudáveis

 

Alguns aspectos psicológicos frequentes em pessoas com bulimia são:

 

  • Baixa autoestima
  • Pensamento do tipo “tudo ou nada” (extremistas)
  • Ansiedade elevada
  • Perfeccionismo
  • Dificuldade de encontrar formas saudáveis de obter prazer e satisfação
  • Excessivamente críticos
  • Excessivamente exigentes
  • Insatisfação constante

 

O bulímico geralmente se encontra com peso normal, levemente aumentado ou diminuído (mas não chegando à magreza da anorexia).

Essa aparência de normalidade muitas vezes dificulta que se identifique o problema, o que muitas vezes leva a uma demora em se procurar ajuda.

Pacientes bulímicos envergonham-se de seus problemas alimentares e, assim, buscam ocultar seus sintomas. Dessa forma, as compulsões periódicas geralmente ocorrem sem o conhecimento das pessoas próximas.

Não julgue e tente ajudar!! E na próxima semana falaremos sobre outra doença que também está relacionada com o distúrbio da imagem corporal, ANOREXIA.

 

 

Bruna AiresNutricionista e Professora de Educação FísicaCRN 31255 / CREF 084765-G/SPbrunaaires@suplementos.fit

Veja as melhores ofertas de Whey Protein

Curta!

Facebook By Weblizar Powered By Weblizar