RAFAELA SILVA É O OURO DA SUPERAÇÃO

Postado em 09/08/2016

Quem ama esporte e está acompanhando aos Jogos Olímpicos Rio 2016, não poderia ter orgulho maior ao acompanhar a luta de superação de Rafaela Silva em êxtase!Que os atletas brasileiros em sua maioria não contam com total apoio das autoridades deste país, isso não é segredo para ninguém.

E muitas vezes desde a infância ficam a mercê da prática esportiva com custeamento dos pais (que muitas vezes não tem como custear) ou através de projetos sociais não governamentais.

 

HISTÓRIA DE SUPERAÇÃO

 

Com Silva não foi diferente, criada em um dos lugares mais violentos do Rio, a comunidade Cidade de Deus.

Ela tinha tudo pra dar errado na vida, só decidiu tomar as rédeas de seu destino.

Rafaela estava destinada a ser a judoca com a cara do Brasil e a 1ª a conquistar um OURO olímpico.

Yes, nós temos Rafaela, yes, o Brasil é ouro!

E sim, Rafaela Silva é soberana, dona de uma garra indescritível e uma história maravilhosa de superação.

Iniciou suas atividades no tatame, ainda muito cedo, em uma academia simples perto da sua casa.

Ela era uma menina brigona e valente, e o judô ajudava a acalmá-la.

Não demorou muito, começou a participar do projeto social Instituto Reação (criado por Geraldo Bernardo e o judoca Flávio Canto), projeto que leva o judô as comunidades carentes.

Rafaela esteve presente em alguns eventos esportivos e em 2009, ela ficou em 5º lugar no no Mundial de Roterdã.

 

SUPERAÇÃO PÓS LONDRES

 

Mas foi em Londres, em 2012, que sua carreira e vida ficaram marcadas.

Mesmo sendo uma vice-campeã mundial, quase abandonou o judô por conta de ter sido eliminada ao tentar um golpe ilegal.

Além da eliminação, sofreu ataques de todos os lados, inclusive racistas, através das redes sociais.

Ficou pesado demais para Rafaela, que pensou seriamente em largar o esporte que tanto amava.

E cercada pelo apoio da família e de seus anjos da guarda: Geraldo Bernardo e Canto, ela conseguiu seguir em frente.

Em 2013 era líder do ranking mundial de judô e sempre esteve em boas posições nas competições disputadas.

O que deixou o país todo emocionado e orgulhoso com o ouro de Rafaela, é sem dúvida a síntese que ela carrega de ser brasileira.

Um povo sem apoio do governo, um povo que dedica sua vida a sobreviver.

E sobretudo, um povo que não desiste nunca!

A história de Rafaela poderia ser a de tantos outros brasileiros oriundos de comunidades carentes pelo Brasil afora.

Mas o que fez dela medalha de ouro está em um DNA de determinação, superação e prazer em seguir em frente.

 

SUPERAÇÃO – PÓDIO

 

Seu choro no lugar mais alto do pódio, é o choro de quem sabe a dureza que foi chegar até ali.

O choro do poder de transformação que o esporte tem na vida de uma criança.

Que mais projetos como o que salvou Rafaela, possam surgir cada vez mais.

Que o mundo entenda o que um atleta brasileiro tem que passar para ocupar o lugar mais alto do pódio.

É por essas e outras que o brasileiro torce com tanto fervor por um atleta.

O brasileiro sabe que tem que torcer além dos nossos colegas gringos.

Ao contrário de muitos países em que o governo aplica recursos para seus atletas desde muito cedo, criando “fábricas” de atletas de ponta.

Nós sabemos que aquele atleta só está ali defendendo o verde e amarelo, porque acredita e ama seu esporte.

Num país como o Brasil que não apoia o esporte como um todo, é preciso mais do que garra pra ser ouro!

 

Parabéns Rafaela Silva, você é ouro, é destemida e é a cara do Brasil!

 

Veja as melhores ofertas de Whey Protein

Curta!

Facebook By Weblizar Powered By Weblizar