MITOS E VERDADES SOBRE A DIETA DA PROTEÍNA

Postado em 15/03/2017

Riscos da dieta da proteína e tudo o que você precisa saber!

Hoje conversaremos sobre a dieta da proteína! Existem várias denominações para uma mesma filosofia. Atualmente a mais utilizada e famosa é uma dieta que eu vou chamar aqui de Dieta de um Médico Francês e que está ganhando cada vez mais seguidores por proporcionar resultados significativos e rápidos.

Primeiramente vamos entender como funciona. Resumidamente a ideia principal é consumir proteínas animal e vegetal à vontade e diminuir ao máximo o consumo de carboidratos.

Na Dieta do Dr. Francês, há uma restrição quanto a ingestão de gorduras também, desta forma, é orientado o consumo de proteínas magras, como peito de peru, queijo branco, carnes magras… Aos poucos vai reintroduzindo o carboidrato na refeição, mas isso depois de várias etapas (dias/meses) sem o mesmo.

 

riscos da dieta da proteína

 

Então vamos conversar um pouco sobre isso!

Dizer que não terá resultados estaria mentindo, pois é mais do que público, que muitas pessoas já obtiveram efeitos maravilhosos, cerca de 8 até 15 kg, mas será que foi de forma saudável? Sem riscos para a saúde do indivíduo?

A fonte principal de energia do nosso organismo é o carboidrato, mas sem ele o corpo busca outros meios de produção, como a utilização de aminoácidos (MÚSCULO) e quando o nosso corpo não encontra carboidrato, ele primeiramente utiliza o aminoácido estocado para gerar energia, ou seja, utiliza de seu músculo para fabricar energia.

 

RISCOS DA DIETA DA PROTEÍNA

O que é mais pesado em nosso corpo?? O músculo! Sim, ele mesmo! Então se utilizarmos primeiro o músculo, é certo que vamos perder muito peso? Certíssimo! Começaremos a perder peso rapidamente e por essa razão, quando fazemos essas dietas, nos livramos cerca de 3 a 5 kg na primeira semana, mas ficamos flácidos e perdemos músculos, o que é o mais difícil de ganharmos novamente depois.

Quando atingimos certa idade, é natural do corpo diminuir a massa muscular, e você fazendo essa dieta acelera ainda mais essa situação. Mas porque o corpo não utiliza a gordura primeiro, já que essa está em excesso no corpo? Por que a lipólise, queima de gordura para geração de energia, em certa quantidade é tóxica para o corpo e gera corpos cetônicos, o que é prejudicial às células e aos rins, facilitando a formação de cálculos renais, entre outros danos no rim.

O excesso de corpos cetônicos provoca acidose sanguínea, desidratação, podendo resultar em coma e morte. Por mais que essa dieta tenha uma pequena restrição quanto a gorduras, proteínas animais possuem alto teor de gordura, sendo assim, mesmo consumindo carnes magras, a gordura estará em excesso, facilitando aparição de doenças, como colesterol alto/dislipidemias (distúrbio nos níveis de lipídios).

Além do mais, podemos citar que essa dieta é totalmente desproporcional quanto as vitaminas e minerais, deixando o corpo com acúmulo de algumas vitaminas e falta de outras, o que pode ocasionar uma desordem eletrolítica, gerando assim cansaço excessivo, ânsias de vômito, dores no estômago, entre outros sintomas e patologias.

 

RISCOS DA DIETA DA PROTEÍNA – EFEITO SANFONA

 

Existem relatos de problemas intestinais devido a falta de fibras na alimentação, por isso recomenda-se ingerir farelo de aveia na dieta, por mais que seja carboidrato, este é liberado para que assim o indivíduo não sofra tanto com desconfortos intestinais.

Outro problema em relação a esse tipo de restrição alimentar, é que quando um indivíduo volta a consumir os alimentos normalmente (pois ninguém consegue ficar o resto da vida nessa dieta, pois o próprio corpo não deixa), irá recuperar o peso e consequentemente entrará no efeito sanfona.

O corpo é inteligente e se uma pessoa ficou em restrição severa, quando voltar a consumir os alimentos que seu corpo precisa, como os carboidratos, seu organismo irá estocar, pois ficará com receio de entrar em falta novamente e armazenará gordura, e engordará novamente.

A grande questão é que os resultados aparecem primeiro do que esses malefícios, e por essa razão esta dieta conquistou tantos seguidores. Mas pare e reflita: será que vale a pena você prejudicar sua saúde por sua ansiedade em perder PESO (estudos comprovam que a diminuição de gordura corporal não é tão grande quanto à redução de peso)? Ou é melhor ser paciente e seguir uma reeducação alimentar, que poderá continuar para o resto da vida e com saúde? Você ganhou esse peso que tem hoje em 1 mês? Então porque quer perdê-lo em uma semana? Pare e reflita!

Muitos são os riscos da dieta da proteína, por isso não cansamos de orientar a importância da procura por um profissional qualificado, um nutricionista, para que ele monte um plano alimentar exclusivo para você.

 

Bruna AiresNutricionista e Professora de Educação FísicaCRN 31255 / CREF 084765-G/SPbrunaaires@suplementos.fit

 

Leia também: CARBOIDRATO À NOITE PODE?, 6 DICAS DE LANCHINHOS SAUDÁVEIS, DIETA LIOFILIZADA e JEJUM INTERMITENTE.

Curta!

Facebook By Weblizar Powered By Weblizar