TREINAMENTO DE FORÇA X INDIVIDUALIDADE BIOLÓGICA

Postado em 29/08/2016

Treinamento de força e tudo o que você precisa saber!

Antes de falarmos sobre o treinamento de força, é importante ficar claro, o quanto deve se respeitar a individualidade biológica de cada um.Cada pessoa tem um histórico de vida, pode ser um atleta, um sedentário, alguém acima ou abaixo do peso, pode ter variações nos hábitos alimentares, etc.

Com tantas particularidades, cada ser humano tem um potencial para o treino que deve ser respeitado sempre.

 

TREINAMENTO DE FORÇA – INDIVIDUALIDADE BIOLÓGICA

 

O que quero dizer é que o treino do seu amigo terá um efeito diferente para você.

O fato do seu amigo alcançar excelentes resultados, não significa que você vai passar pela mesma experiência utilizando o mesmo programa de treinamento.

O que serve para um, certamente não funciona para outro, e tudo por conta de uma mecanismo chamado de individualidade biológica.

A individualidade biológica é basicamente a diferença que cada organismo tem.

Se lembrarmos das aulas de biologia nos tempos de colégio, podemos considerar que:

 

  • fenótipo (determina a aparência e sofre alterações ao longo da vida)
  • genótipo (carga genética recebida, determina as condições genéticas e não apresenta alterações)

 

Cada pessoa tem um metabolismo, um ritmo, uma característica física e biológica. Sendo assim, não existe a menor chance de burlar esse sistema tão particular de cada um, cada organismo responde de um jeito único aos estímulos.

Nenhum ser humano é igual, as diferenças existem e devem ser respeitadas sempre.

No quesito treino, é indispensável redobrar a atenção para a individualidade biológica ao montar e aplicar um treino.

 

TREINAMENTO DE FORÇA – PROGRAMAS

 

O trabalho de um bom profissional faz toda a diferença na hora de elaborar os programas de treinamento que devem ser adequados para cada pessoa, respeitando seu biotipo, seu estilo de vida e sua individualidade como um todo.

Não olhar para a individualidade biológica é apostar em riscos sérios, procure ajuda profissional e não caia na cilada de usar o treino ou a dieta de um amigo ou alguém famoso.

Agora que você conhece um pouco mais sobre a individualidade biológica, vamos falar sobre o treinamento de força.

O treinamento de força pode ser feito com pesos, máquinas e o próprio peso corporal.

E ainda traz diversos resultados como manter a aptidão física, força muscular e qualidade de vida, entre outros benefícios.

Muitas vezes o treinamento de força pode danificar as articulações, por essa razão é muito importante respeitar as características individuais de cada um em relação ao treino.

 

TREINAMENTO DE FORÇA – OBJETIVOS

 

Existem várias formas de treinamento de força e além de levar em consideração a individualidade biológica de cada um, é importante saber o objetivo que o indivíduo deseja alcançar dentro do treinamento de força.

Se o cara quer ficar forte, por exemplo, é importante usar uma carga maior de peso com menos repetições. Pra perder peso, dá pra usar cargas menores e fazer mais repetições.

Um bom profissional vai ser de extrema ajuda para avaliar as condições de cada um na montagem do treino.

O treino ideal e correto, não é uma receita de bolo que qualquer um pode fazer, cada um deve montar a sua periodização e seguir à risca a mesma.

Respeite sua individualidade como um todo e procure definir suas prioridades como pessoa.

Estando bem orientado e muito focado, você será capaz de obter os resultados desejados, sem cometer erros ou sofrer lesões…

Fica a dica, mantenha a disciplina e ótimos treinos!

 

Vitor BentoPersonal TrainerCREF 084765-G/SPvitorbento@suplementos.fit

 

Veja também: O CROSSFIT DE UM JEITO QUE VOCÊ NUNCA VIU!, 5 ABDOMINAIS INFALÍVEIS, OVERTRAINING e COMO MONTAR UMA ROTINA DE TRENO.

Veja as melhores ofertas de Pré Treinos

Curta!

Facebook By Weblizar Powered By Weblizar